22 de jun de 2009

Entrevista

Tecnologia e Jornalismo

A internet é um novo e importante meio de comunicação. Aos poucos foi ganhando espaço junto às outras mídias e atualmente se destaca, oferecendo desde jogos voltados para distração até importantes materiais de pesquisa e informação. O jornalismo está ocupando cada vez mais espaço neste novo meio, seja através de sites específicos ou, por exemplo, através de blogs. O instrumento que já foi utilizado apenas para desabafo de circunstâncias íntimas, hoje também possui conteúdos de caráter jornalístico e, principalmente, informativo. (Como este!). Lorena Lázaro, repórter do Diário da Manhã, fala um pouco sobre a profissão e a presença dessas novas tecnologias.

Informando e Discutindo: Em poucas palavras, como você descreve a profissão de jornalista?
Lorena Lázaro: Uma profissão cheia de glamour, mas com pouca recompensa.

I e D: Quais razões fizeram com que você optasse pela profissão?
Lorena: Na verdade eu não sei. Sempre quis isso, mas confesso que quando adolescente fiz um teste de aptidão que confirmou minha vontade.
Não tem nada a ver com falsas ideologias ou querer salvar o mundo, como os mais antigos da área. Como disse um colega aqui recentemente: "sou da época da ditadura, quando escrever e dar sua opinião era um crime e um honra". Está mais relacionado com o poder da linguagem, com a vontade de escrever.

I e D: As novas tecnologias possibilitaram o desenvolvimento de novas formas de comunicação. Qual a relevância desses novos meios, como a internet e todas as alternativas que ela oferece, para o jornalismo?
Lorena: Não consigo imaginar jornalismo sem internet. A evolução da comunicação ao nível instantâneo que chegou hoje só contribui com a profissão.

I e D: Qual a sua relação com a internet? O que acha dos webjornais?
Lorena: Adoro internet. É o meio que te leva ao mundo, mesmo estando na sala da sua casa. Com relação aos jornais, precisamos filtrar. Escolher canais com credibilidade, da mesma forma que fazemos com o impresso. Mas tudo pode ser melhorado, principalmente as buscas por matérias, que normalmente deixa a desejar. Bons blogs também tem informação de qualidade, mas precisamos lembrar que eles representam a opinião de uma pessoa, não o de interesse público.

I e D: Como você avalia a relação entre jornal impresso e webjornalismo? É possível dizer que o brilho do impresso vem sendo ofuscado pelo do webjornal?
Lorena: Com certeza o impresso vai viver uma crise, já caiu o número de leitores inclusive. Mas são formas de comunicação diferentes, acho que nunca uma vai eliminar a outra.

I e D: Você tem blog? Acredita que essa ferramenta pode ser utilizada por jornalistas para a divulgação de informações?
Lorena: Não tenho ainda. Acredito que o blog é uma boa maneira dos jornalistas emitirem sua opinião, principalmente quando o meio de comunicação que trabalha não permite isso. Como já disse, precisamos somente conscientizar que o blog não é um jornal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário